quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

trabalho, trabalho, trabalho...

antigamente, quando eu tinha um trabalho burocrático com hora para entrar e para sair, fazia ponte nos feriados, não trabalhava nem sabado nem domingo, etc, eu achava super chique quem trabalhava bastante, sabe? quem fazia hora extra, dava plantão, trabalhava sabado, domingo, feriado... eu achava a pessoa importante, que tinha que estar lá na firma, tinha uma pessoa (uma pessoa que eu tive, analista de sistemas) e eu achava o máximo pq ele trabalhava as vezes até 7 dias por semana, mais de 12 hs por dia, etc, etc. até ele não ter tempo para mim e eu me injuriar de tudo isso.
como ultimamente eu estou passando por tudo isso tb, eu cheguei a conclusão de que quem trabalha muito é peão mesmo. nada importante. tipo, não tem ninguém para trabalhar pq as pessoas importantes da empresa não vão e não ficam até mais tarde, então vc é que tenque ficar, sabe?
sim, eu sou peão. mas isso vai acabar... preciso voltar a ter vida...

Um comentário:

JANPITER disse...

Que bom que enxergou isso linda. Tem gente que trabalha demais apenas para ser visto assim como importante, mas não vivem.

Eu particularmente, fora do trabalho me recuso a falar de trabalho. Há tantas outras coisas boas na vida...

E como você disse, importante é quem vai almoçar numa quarta-feira e não precisa voltar pois tem alguem para fazer o serviço.


beijos linda
fique com Deus

JANPITER
http://meiaspalavras.wordpress.com/