sábado, 21 de junho de 2008

mãe.. preciso de ajuda...

ontem tive uma crise de stress horrível no onibus. foi assim: sai do serviço e passei em um lugar antes. aí, qdo eu fui pegar ônibus, era bem no horário de pico. ponto lotado, e além de não passar onibus, quando passava todos vinham muito lotados e não paravam.
aí, peguei um ônibus super lotado, que eu nem conseguia me mexer. e pouco depois descobri que tinha pego ônibus errado. comecei a chorar muito dentro do onibus, e fiquei impressionada com a solidariedade das pessoas, em oferecendo lugar e perguntando o que tinha acontecido, se poderiam me ajudar.. mas eu resolvi descer logo do ônibus. fiquei um tempão no ponto até esperar outro, e cheguei em casa super tarde, cansada, e chorando muito memso, de soluçar.
minha mãe é a mulher mais fantástica e mais maravilhosa do mundo. além de ser muito inteligente, ela é muito evoluida espiritualmeente. mas ela é minha mãe, né? e eu nem sou de ficar contando nada pra ela...
assim que cheguei em casa, após vinte e seis anos e meio de vida, finalmente olhei pra ela e falei: "mãe, preciso de ajuda". fomos pro quato e contei pra ela tudo o que tem acontecido na minha vida. minha instatisfação no trabalho, na pós, no inglês... minha vida sentimental fudida, e a falta que eu sentia de algumas coisas, dos amigos que eu havia deixado pra trás, minha vontade jogar tudo pro alto. ela me ouviu, me deu conselhos, e fez um chazinho de camomila pra mim.. srrs..
minha irmã (mais velha) tb conversou comigo, me ajudou bastante..
e hj eu me sinto bem melhor. cheia de planos e decisões.
e que venha o segundo semestre de 2008! que eu tô mais que preparada! =)

Um comentário:

JANPITER disse...

Eu te abraçaria e te pegaria no colo se eu estivesse por ai.

Sinta-se abraçada na intenção.

beijos e melhoras

*continuo orando por ti